50º Aniversário dos Bombeiros de Boticas assinalado de forma simbólica

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Boticas (AHBVB) comemorou este domingo, dia 30 de maio, o seu 50º Aniversário, numa cerimónia simples, em respeito pelo momento que o país enfrenta e em cumprimento das restrições impostas pela pandemia de covid-19, sem a presença de convidados, mas carregada de simbolismo, ou não fosse a efeméride um momento singular, já que, em condições normais, as comemorações de meio século de existência imporiam outro tipo de “pompa e circunstância”, dada a importância que a instituição representa não só para o concelho de Boticas, mas para toda a região.

O Programa comemorativo arrancou com a cerimónia do hastear da bandeira no Quartel dos bombeiros, ao som do hino nacional, ao que se seguiu a visita apeada ao cemitério municipal para homenagear os Bombeiros e directores já falecidos, bem como todos aqueles que contribuíram de forma ativa para a história da corporação. Seguiu-se então o desfile apeado até ao Monumento ao Bombeiro, no Largo Conde de Vila Real, onde foi depositada uma coroa de flores simbolizando a homenagem a todos quantos têm abraçado a causa do voluntariado e o espírito solidário de ajuda aos outros.

As comemorações terminaram com a realização de uma formatura, na parada do Quartel, cabendo ao Presidente da Câmara e Presidente da AHBVB, Fernando Queiroga, passar “revista” à formatura.

Para além dos elementos do quadro ativo, marcaram também presença elementos do quadro de Honra da Associação, entre os quais os ex-comandantes da corporação, Celso Ferreira e Arnaldo Machado, que se juntaram na parada ao Comandante em exercício, Carlos Gomes. A Liga dos Bombeiros Portugueses esteve representada pelo Comandante dos Bombeiros Voluntários de Salto, Hernâni Carvalho, que entregou aos Bombeiros de Boticas a medalha da Liga comemorativa dos 50 anos da corporação. A cerimónia contou ainda com os membros dos órgãos sociais da AHBVB, bem como com os sócios fundadores.

O Presidente da Câmara e presidente da Direção da Associação, Fernando Queiroga, sublinhou o momento de “enorme simbolismo e a homenagem justa a todos quantos contribuíram de forma ativa para o nascimento, crescimento e consolidação desta corporação ao longo de meio século de existência”, salvaguardando que “estas comemorações não são aquilo que todos pretendíamos, nem o que esta Associação merece, mas sim o que é possível fazer tendo em conta todas as restrições e o momento que o país vive”, sublinhando ainda que “hoje como sempre os Bombeiros de Boticas, que deram mostras de um grande profissionalismo e uma dedicação inexcedível ao longo destes tempos difíceis de pandemia, continuam a dar o exemplo e a cumprir escrupulosamente todas as regras de controlo da covid-19, defendendo e zelando intransigentemente pela saúde pública das nossas gentes”.

Menu