“À Rela, à Rela, à bicha amarela na Torre de Quintela”

No passado fim de semana, as ruas de Quintela, na freguesia de Vila Marim, ganharam vida através das visitas encenadas, subordinadas ao título “À Rela, à Rela, à bicha amarela na Torre de Quintela”.

O processo de criação passou por uma residência artística e contou com várias etapas: a partir da recolha de memórias e investigação junto da comunidade desenvolveu-se o conceito de intervenção e interação, partindo do património imaterial e memória cultural coletiva e usando vários recursos performativos e cenográficos. Após definido o percurso pedestre e o guião da visita encenada, começaram os ensaios com os elementos da comunidade e, por final, decorreram as apresentações ao público.

O resultado foi uma Visita Encenada que percorre o coração da aldeia e termina na famosa Torre de Quintela e foi integralmente interpretada por 16 elementos da comunidade com idades entre os 8 e os 80 anos. A encenação e direção artística são da autoria de Lígia Lebreiro e Simão Valinho (Companhia Persona).

Quanto aos atores e atrizes locais enumeram-se os seguintes: Adoindo Fonte, Ana Vieira, António Dinis, António José Nóbrega, Aurora Frutuoso, Carlos Mota, Célia Nóbrega, Delminda Guedes, Fausto Costa, Fidalgo, Francisco Marcelino, Isilda Carvalho, Liliana Morais, Sandra Marcelino, São Aires e Sara Carvalho.

Este projeto contou com o apoio logístico e recursos humanos da Junta de Freguesia de Vila Marim e integra-se no âmbito da programação em rede “Somos Património”, um projeto promovido pelos municípios de Vila Real, Bragança, Espinho e Arcos de Valdevez, com cofinanciamento do Norte 2020, integrando a programação do Teatro Municipal de Vila Real.

Menu