Águas do Norte promove o “Valor da Água” com 200 alunos dos Municípios de Mesão Frio e Vila Real

Água da torneira mais segura, mais sustentável e mais saudável, foi o mote para mais uma oficina experimental de Educação Ambiental promovida pela Águas do Norte para cerca de 200 alunos do 4º ano dos Municípios de Vila Real e Mesão Frio, que integram o sistema multimunicipal de abastecimento de água e de saneamento do Norte de Portugal, concessionado a esta empresa.

Uma viagem muito interativa e animada, pelo Valor da Água e pelas estações de tratamento de água e de águas residuais (ETA e ETAR), onde o maior destaque foi a observação de uma amostra de água doce, através de um microscópio, o que permitiu a observação de diferentes famílias de microorganismos existentes na água. Aproveitando a análise das imagens apresentadas, foi igualmente realçada a importância destes seres vivos para o equilíbrio dos ecossistemas naturais, para a necessidade de desinfeção da água da rede pública e para a atual situação pandémica de Portugal e do Mundo.

Marcaram presença na oficina cerca de 200 jovens participantes, tendo os intervenientes manifestado ao longo desta “viagem” todo o seu entusiasmo e interesse, não só nos temas associados ao ambiente e à sustentabilidade, como também na importância que o comportamento e o contributo de cada um pode trazer para a sua preservação, nomeadamente na realização de pequenos gestos como não colocar lixo no chão ou pela sanita abaixo.

O Plano de Educação Ambiental irá continuar o seu percurso, pelos Municípios do Norte de Portugal aos quais a Águas do Norte presta os respetivos serviços de abastecimento de água e de saneamento de águas residuais, promovendo a água da torneira como a mais segura, mais controlada e mais sustentável opção que podemos escolher.

A Águas do Norte integra o Grupo AdP – Águas de Portugal e iniciou a atividade a 30 de junho de 2015 e, enquanto entidade concessionária do sistema multimunicipal de abastecimento de água e de saneamento do Norte de Portugal, em “alta”, é responsável pela captação, tratamento e abastecimento de água para consumo público e pela recolha, tratamento e rejeição de efluentes domésticos, urbanos e industriais em 63 Municípios que integram este sistema.

Assume ainda a exploração e gestão do sistema de águas da região do Noroeste, em “baixa”, que envolve 8 Municípios da região, reunindo numa única entidade gestora, os serviços de abastecimento de água e de saneamento de águas residuais em “alta” (prestados aos Municípios) e em “baixa” (prestados aos utilizadores finais, os munícipes), de forma regular, contínua e eficiente.

Menu