Águas do Norte promoveu oficina experimental no Centro de Ciência de Vila Real

A Águas do Norte dinamizou, no dia de ontem, uma oficina experimental no Centro de Ciência de Vila Real para cerca de 30 alunos do 11.º ano, provenientes do Município de Alijó. Esta articulação entre as várias entidades envolvidas, permitiu aos alunos em causa ficassem a conhecer os diferentes percursos do rio Corgo moldados pela água, seja ele o percurso geológico acentuado pela passagem da água do rio, ao cuidado dos técnicos do Município de Vila Real, ou a viagem pela gestão do ciclo urbano da água, na garantia de uma água da torneira mais sustentável, mais segura e saudável para todos.

Uma viagem muito interativa e animada, pelo Valor da Água e pelas estações de tratamento de água e de águas residuais (ETA e ETAR), onde o maior destaque foi a observação de uma amostra de água doce, através de um microscópio, o que permitiu a observação de diferentes famílias de microorganismos existentes na água. Aproveitando a análise das imagens apresentadas, foi igualmente realçada a importância destes seres vivos para o equilíbrio dos ecossistemas naturais, para a necessidade de desinfeção da água da rede pública e para a atual situação pandémica de Portugal e do Mundo.

O Plano de Educação Ambiental da Águas do Norte irá assim continuar o seu percurso pelos 66 Municípios do Norte de Portugal, aos quais esta empresa presta os respetivos serviços de abastecimento de água e de saneamento de águas residuais, promovendo a água da torneira como a mais segura, mais controlada e mais sustentável opção que podemos escolher.

A Águas do Norte integra o Grupo AdP – Águas de Portugal e iniciou a atividade a 30 de junho de 2015 e, enquanto entidade concessionária do sistema multimunicipal de abastecimento de água e de saneamento do Norte de Portugal, em “alta”, é responsável pela captação, tratamento e abastecimento de água para consumo público e pela recolha, tratamento e rejeição de efluentes domésticos, urbanos e industriais em 63 Municípios que integram este sistema.

Assume ainda a exploração e gestão do sistema de águas da região do Noroeste, em “baixa”, que envolve 8 Municípios da região, reunindo numa única entidade gestora, os serviços de abastecimento de água e de saneamento de águas residuais em “alta” (prestados aos Municípios) e em “baixa” (prestados aos utilizadores finais, os munícipes), de forma regular, contínua e eficiente.

Menu