Águas do Norte vence prémio no ENEG para o melhor projeto de adaptação às alterações climáticas

A Águas do Norte venceu o prémio Tubo de Ouro para o melhor projeto de adaptação às alterações climáticas, o qual foi entregue na noite de ontem no ENEG – Encontro Nacional de Entidades Gestoras de Água e Saneamento, realizado em Vilamoura. 

O projeto da Águas do Norte, distinguido como o melhor projeto de adaptação às alterações climáticas, consistiu na implementação e instalação de comportadas no descarregador de cheias, da Barragem de Pretarouca, no concelho de Lamego, por forma a aumentar o volume de armazenamento em cerca de 0.95 hm3, e, dessa forma, fazer face às novas necessidades de abastecimento de água em virtude das alterações climáticas. 

A Águas do Norte iniciou a atividade a 30 de junho de 2015 e, enquanto entidade concessionária do sistema multimunicipal de abastecimento de água e de saneamento do Norte de Portugal, em “alta”, é responsável pela captação, tratamento e abastecimento de água para consumo público e pela recolha, tratamento e rejeição de efluentes domésticos, urbanos e industriais e de efluentes provenientes de fossas séticas.

Assume ainda a exploração e gestão do sistema de águas da região do Noroeste, reunindo numa única entidade gestora, os serviços de abastecimento de água e de saneamento de águas residuais em “alta” (prestados aos Municípios) e em “baixa” (prestados aos utilizadores finais, os munícipes), de forma regular, contínua e eficiente.

Fonte – GC da Águas do Norte

Menu