Alijó: 35 costureiras voluntárias do concelho vão fazer máscaras sociais


O Município de Alijó recebeu hoje, 11 de maio, um grupo de costureiras que se voluntariaram para fazer máscaras sociais. Para o efeito, a Câmara adquiriu tecidos 100% algodão, linhas e elásticos. Estas máscaras sociais serão depois disponibilizadas à população do Concelho.

O Presidente da Câmara Municipal, José Paredes, agradeceu a disponibilidade e o esforço de todas as voluntárias, cujo gesto vai ajudar a ultrapassar o momento difícil que se abateu por todo o mundo. “Temos investido tudo o que nos é possível na saúde e na vida das pessoas. Esta é mais uma medida nesse sentido, porque não podemos facilitar na luta contra esta pandemia”, sublinhou José Paredes.

A Vereadora da Ação Social, Mafalda Mendes, congratulou-se com a adesão a este projeto de voluntariado, que teve origem no Atelier Solidário de Costura da Universidade Sénior de Alijó. “Esta é a prova de que todos podemos fazer a diferença”, frisou Mafalda Mendes.

O projeto contou a colaboração das Juntas de Freguesia, sendo que a de Alijó contribuiu com a aquisição de elásticos. Em paralelo, o Município também já adquiriu e aguarda a entrega de máscaras sociais certificadas que irá disponibilizar a todos os munícipes e aos alunos do Concelho que vão ter aulas presenciais.

Menu