Alto Tâmega reúne esforços para valorizar recursos estratégicos da região

“Queremos criar condições para que esta região possa garantir que todos aqueles que desejam aqui permanecer não tenham que procurar novos destinos, ao mesmo tempo que devemos reforçar a capacidade de atrair”. A declaração é do Presidente da Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega e autarca de Chaves, Nuno Vaz, no âmbito da segunda edição do Aqua Fórum do Alto Tâmega, que decorreu na passada sexta-feira na vila termal de Vidago.

Para Nuno Vaz, o desafio é “identificar prioridades estratégicas, centrando-nos no que é decisivo e relevante para trilhar um caminho de maior confiança esperança”. Para tal, a iniciativa que junta ao longo do dia um conjunto de especialistas do setor em diálogo – numa dimensão técnica, empresarial e política – pretende ajudar a fortalecer políticas públicas – locais, regionais e nacionais – e valorizar aquilo que são os recursos estratégicos da região do Alto Tâmega, para que ganhem mais escala, mais valor e sejam diferenciadores.

A versão sobre o futuro das termas, referida por Pedro Cantista, e a incorporação de valor no produto termal, aprofundada por Maria José Alves, integraram o painel Água e Termas, moderado por Alberto Machado. O presidente da autarquia aguiarense relevou a centralidade que a água adquiriu no desenvolvimento dos territórios.

Segundo o presidente da associação internacional de hidrologia médica, há um futuro para o Alto Tâmega como Região Termal (educação, informação, comunicação, cultura social da água, sistema e turismo de saúde, etc.). E que também passa, segundo a especialista da associação Aquavalor, por valorizar o produto termal com a implementação de várias medidas (exemplos: criar novas oportunidades de negócio, aumentar o período de funcionamento dos balneários termais, sensibilizar classe médica e comunidade escolar, etc.)

A sessão de abertura contou com a presença da Secretária de Estado da Valorização do Interior, Isabel Ferreira e do Secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Sobrinho Teixeira. Na sessão de encerramento esteve presente a Secretária de Estado do Turismo.

Menu