Alunos do ensino secundário são físicos de partículas por um dia

A Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), em Vila Real recebe mais uma edição das Masterclass de física de partículas no dia 13 de março, quarta-feira, e convidou 78 estudantes do secundário que gostam desta área da ciência. Os participantes saem das suas escolas por um dia, para mergulhar no fascinante campo da física de partículas. Alguns cientistas do Departamento de Física da UTAD e do LIP (Laboratório de Investigação experimental para a física das Partículas) apresentarão a esses alunos o fantástico mundo dos menores pedaços de matéria e dos aceleradores e detetores utilizados para o seu estudo. Depois os alunos poderão analisar dados autênticos do Large Hadron Collider (LHC) do CERN, de forma a que possam ter “um gostinho” do que é realmente a física contemporânea. Nesta jornada os alunos terão oportunidade de interagir com cientistas profissionais e trabalhar com dados reais, como fazem os “verdadeiros” investigadores.

A física de partículas é um dos campos emergentes mais importantes da ciência. A descoberta do bosão de Higgs no LHC, no verão de 2012, levou a um grande interesse do público em entender a física de partículas. Os físicos continuaram a estudar o Higgs, a procurar novas partículas e tentar compreender os mistérios da matéria escura, dos neutrinos e muito mais.

A ideia básica deste programa internacional é permitir que estes alunos do secundário trabalhem, o máximo que é possível, como cientistas durante um dia. Assim, o programa disponibiliza dados para uso educacional em experiências de vanguarda em física de partículas e durante o dia, os alunos discutem e veem como uma descoberta científica pode ser reivindicada.

No final de cada Masterclass, os alunos, depois analisar os seus dados, ligam-se em videoconferência com físicos do CERN ou do Fermilab e outros grupos de estudantes de diferentes países para discutir precisamente os seus resultados. Este aliás é o método de trabalho do CERN, em que milhares de cientistas em todo o mundo trabalham, em colaboração, na mesma experiência e isso requer comunicação constante via videoconferência. Os alunos podem explorar esse ambiente de trabalho científico real na Masterclass

A Masterclass em Vila Real faz parte de um programa anual chamado Masterclasses Internacionais. No programa cientistas de mais de 200 universidades e laboratórios hospedam estas em suas instituições de origem. As Masterclasses serão realizadas este ano de 7 março a 17 de abril, em mais de 50 países em todo o mundo. A participação mundial reflete a colaboração internacional em física de partículas.

Masterclasses Internacionais são organizadas pelo Grupo Internacional de Física de Partículas (IPPOG). O IPPOG é um grupo independente de representantes dos países envolvidos na pesquisa do CERN e outros laboratórios líderes na investigação em física de partículas. O objetivo do grupo é tornar a física de partículas mais acessível ao público.

Menu