Assembleia Municipal de Boticas aprovou transferência de competências no domínio social

Realizou-se esta quarta-feira, dia 12 de maio, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, uma sessão ordinária da Assembleia Municipal de Boticas, onde foram discutidos vários assuntos de interesse municipal.

Entre os assuntos analisados destacam-se a aceitação da transferência de competências no domínio da Ação Social relativamente ao ano 2021, no âmbito do processo de descentralização implementado pelo Governo.

A sessão contou também com a aprovação da proposta de “Regulamento Municipal de Fomento à Apicultura”, um apoio atribuído aos apicultores com colónias de abelhas registadas no Concelho.

Este apoio, que deve ser solicitado através de requerimento junto dos serviços de atendimento da autarquia ou do Gabinete de Atendimento ao Munícipe, tem como finalidade incentivar a prática da apicultura e aproveitamento dos recursos naturais existentes no Concelho de Boticas e na região do Barroso, classificada como Património Agrícola Mundial.

Segundo o Presidente da Câmara, Fernando Queiroga, “este subsídio visa promover o crescimento do setor apícola e valorizar um dos produtos de excelência deste território e que tem sido alvo de inúmeras distinções a nível nacional, que é o caso do Mel de Barroso DOP, ainda recentemente eleito mel do ano”.

No decorrer da sessão foram igualmente aprovados os acordos de atribuição de subsídios às dez Juntas de Freguesia do Concelho, num valor total de 220 mil euros.

Um investimento significativo por parte da autarquia botiquense em prol do bem-estar geral das populações, concretizado através das Juntas de Freguesia com a realização de obras consideradas prioritárias em cada uma das freguesias.

Menu