InícioRegiãoAutarca de Montalegre detido por suspeitas de associação criminosa e abuso de...

Autarca de Montalegre detido por suspeitas de associação criminosa e abuso de poder

Orlando Alves, presidente da Câmara de Montalegre, eleito pelo PS, foi detido hoje pela Polícia Judiciária.

A detenção foi efetuada no âmbito da “Operação Alquimia”, segundo comunicado da Polícia Judiciária, decorreu esta quinta-feira nos concelhos de Montalegre, Braga, Famalicão e Vila do Conde.

À Lusa, fonte da PJ confirmou que David Teixeira, vice-presidente da Câmara Municipal de Montalegre, e um funcionário da autarquia foram os outros dois detidos na operação.

Todos estão indiciados pela prática dos crimes de associação criminosa, prevaricação, recebimento indevido de vantagem, falsificação de documentos, abuso de poder e participação económica em negócio.

A investigação, desenvolvida pela Diretoria do Norte da PJ, em conjunto com o Departamento de Investigação Criminal de Vila Real, diz respeito a concursos de contratação pública que tiveram lugar entre 2014 e 2022.

Sobre os detidos recai a suspeita de viciação de resultados para “benefício de determinados operadores económicos” — num valor que chega aos 20 milhões de euros.

RELACIONADAS
Publicidade

Últimas notícias