Autarcas de Lousada e Felgueiras indignados com expulsão dos alunos das universidades

Os presidentes das Câmara Municipais de Lousada e de Felgueiras, Pedro Machado e Nuno Fonseca, dirigiram, ontem, uma carta aberta a todas as instituições de Ensino Superior na qual manifestou a indignação dos concelhos de Lousada e Felgueiras perante as medidas discriminatórias que têm sido tomadas relativamente aos estudantes dessas zonas, devido ao coronavírus. “Vimos manifestar publicamente a indignação dos concelhos de Lousada e Felgueiras perante essas medidas discriminatórias, manifestamente ilegais, lesivas dos interesses e dos mais básicos direitos fundamentais das pessoas que devem envergonhar as instituições que as adotaram”, pode ler-se na carta.

Segundo os mesmos, a população destas regiões “não está em quarentena” e “está a ser um exemplo para o país, um exemplo de responsabilidade e de precaução, mas não pode ser prejudicada por estar na linha da frente no combate a esta doença”. 

Com este documento, os presidentes exigiram “a imediata revogação” de todas as medidas e atos discriminatórios contra os alunos desta região, ameaçando as instituições e os seus reportagem de fazerem queixa-crime, caso não o façam. 

Menu