Autarquia de Boticas implementa medidas excecionais de apoio ao setor económico

Atendendo aos impactos negativos que o surto pandémico de Covid-19 está a provocar no setor económico do Concelho, o Município de Boticas, em reunião do executivo realizada esta quinta-feira, dia 3 de dezembro, decidiu implementar mais um conjunto de medidas excecionais, destinadas ao comércio tradicional, restauração, feirantes e vendedores nas bancas do Mercado Municipal, de forma a mitigar os efeitos da Covid-19 nestes setores.

As medidas permitem aos consumidores não domésticos beneficiar de uma redução de 50% no valor total das faturas da água correspondentes aos meses de dezembro de 2020, janeiro e fevereiro de 2021, sendo esta medida avaliada de 3 em 3 meses.

O comércio tradicional e restauração vai ainda usufruir de uma comparticipação financeira no valor de 150€, atribuída a cada comerciante ou restaurante sediado no Concelho, desde que promova decoração natalícia no seu estabelecimento.

Os interessados devem inscrever-se nos serviços de Atendimento da Câmara Municipal até ao dia 18 de dezembro de 2020 e, no momento da inscrição, comprovar a decoração do estabelecimento através da apresentação de fotografias.

Também os feirantes e vendedores nas bancas do Mercado Municipal vão beneficiar da isenção do valor das taxas correspondentes ao 1º semestre de 2021. Para usufruírem da isenção devem requer a licença junto dos serviços de Atendimento da Autarquia, solicitando, também, a isenção do pagamento das respetivas taxas.

O Presidente da Câmara, Fernando Queiroga, salienta que “estas medidas servem, sobretudo, para aliviar os encargos dos empresários e comerciantes locais que, desde março, têm vindo a sofrer grandes perdas de rendimentos devido às restrições determinadas pelo Governo e pelas Autoridades de Saúde”.

“A saúde da nossa população é a nossa grande prioridade, no entanto, também estamos preocupados com as dificuldades dos comerciantes locais que, apesar de estarem de portas abertas, continuam numa situação bastante complicada, com perdas significativas de receitas”, acrescentou o autarca.

Por último, Fernando Queiroga reforçou a mensagem de solidariedade e ajuda, apelando a todos os botiquenses que façam compras no comércio local.

Menu