Autarquia de Mesão Frio ofereceu tablets e acesso à Internet a alunos do concelho


A Câmara Municipal de Mesão Frio ofereceu 70 tablets com teclado e acesso à Internet de banda larga 4G, com a duração de um ano e tráfego ilimitado, aos alunos economicamente vulneráveis, do 1.º ano do Ensino Básico ao 11.º ano do Ensino Secundário, do Agrupamento de Escolas Prof. António da Natividade. O objetivo é generalizar o acesso às plataformas pedagógicas online utilizadas pelas escolas, numa altura em que o ensino está a decorrer remotamente.

Após o encerramento dos estabelecimentos de ensino, decorrente do plano de contingência para a pandemia de COVID-19 e prosseguindo atenta às necessidades das escolas e dos seus alunos, a Câmara Municipal de Mesão Frio averiguou que o ensino à distância tem vindo a evidenciar vários constrangimentos, sobretudo pela falta de computadores e de acesso à Internet.

Cumprindo todas as medidas de contingência sanitária exigidas nesta fase, o presidente da Câmara Municipal, Alberto Pereira, reuniu na manhã de ontem, no Auditório Municipal, de forma faseada, com vários grupos de encarregados de educação dos alunos abrangidos por estas medidas de apoio, para proceder à entrega dos tablets.

O autarca apelou a todos os encarregados de educação para que continuem a cumprir as regras de contingência sanitária e a proteger os seus educandos e aludiu para a importância dos cuidados a ter no manuseamento dos equipamentos oferecidos pela autarquia.

O levantamento destas necessidades foi realizado por diretores e titulares de turmas, do Agrupamento de Escolas Prof. António da Natividade, conhecedores das realidades dos seus alunos.

Esta medida de apoio pretende oferecer equidade aos alunos no acesso ao ensino, para que tudo decorra dentro da normalidade, durante o terceiro período do presente ano letivo.

Menu