Autarquia de Murça reforça apoio financeiro aos produtores agropecuários

Há um ano que o Município de Murça decidiu implementar um Regulamento de concessão de apoio financeiro destinado ao fomento da produção pecuária no concelho.

Este programa está, essencialmente, vocacionado para as pequenas explorações agropecuárias, por norma, de natureza familiar, e que pretende colmatar as dificuldades em manter os custos associados à produção, a alimentação, a energia, os combustíveis e também os valores despendidos com as acções de profilaxia sanitária.

A Autarquia decidiu, agora, reforçar o apoio financeiro que é concedido aos titulares de explorações agropecuárias existentes no Concelho de Murça, aumentado de forma considerável o valor atribuído por animal. Nos bovinos, que anteriormente a comparticipação por cabeça era de 5 euros, passa a ser de 15 euros; para os ovinos e caprinos, o aumento foi quatro vezes superior, sendo agora, pago a 4 euros por cabeça, e para os suínos a quantia paga por cabeça é de 10 euros, mais 5 euros que o ano passado.

Esta melhoria da verba financiada, não foi a única modificação ao regulamento existente, o mesmo contempla ainda, alterações nos mecanismos legais e logísticos de forma a criar condições mais simplificadas de candidatura ao apoio.

O executivo Municipal, com esta decisão, pretende chegar ainda a mais produtores, incentivando-os a criar melhores condições na produção pecuária local, e ao mesmo tempo, sensibilizando-os para a importância do cumprimento das regras de saúde animal, e por conseguinte a saúde pública.

Este programa de incentivo levado à prática pelo Município de Murça, insere-se na política de apoio ao sector primário do Concelho. Os apoios concedidos à cultura da vinha, do olival, da castanha, e o forte investimento no sector florestal, traduzem o esforço em apoiar os agricultores e produtores, estabelecendo condições de fixar as pessoas à “terra” e contribuir para que a economia local possa prosperar.

Menu