Autarquia de Vila Real, escolas e juntas de freguesia mobilizadas no apoio aos mais vulneráveis

Na sequência do agravamento da pandemia e do consequente regresso ao confinamento geral da população e encerramento das escolas, por um período mínimo de 15 dias, anunciado pelo governo a 21 de janeiro, o Município de Vila Real reativou algumas das medidas adotadas em março de 2020 com vista a assegurar assistência à população mais vulnerável, nomeadamente as crianças e jovens e os mais idosos.

Assim, a partir do dia 27 de janeiro, a autarquia, em estreita colaboração com as juntas de freguesia e as direções dos Agrupamentos de Escolas e Escolas não Agrupadas voltou a assegurar o serviço de refeições para crianças e alunos beneficiários da ação social escolar, do ensino pré-escolar ao secundário, garantindo desta forma o acesso a uma alimentação equilibrada que lhes forneça o aporte nutricional adequado às suas idades e crescimento para que possam continuar a aprender e a viver de forma saudável. Nesta fase serão entregues, nos 17 pontos de recolha a funcionar nas sedes das juntas de freguesia, um total de 115 refeições diárias, número apurado pelas direções dos Agrupamentos de Escolas e Escolas não Agrupadas, que fizeram chegar à autarquia os nomes das crianças e jovens cujas famílias pretendem que lhes seja fornecida a refeição, que será confecionada pela empresa que presta o apoio ao nível do serviço de refeições no ensino pré-escolar e 1º ciclo, bem como pelas próprias escolas, sendo estas posteriormente distribuídas por todo o concelho pela Câmara Municipal.

No que toca ao apoio à população de idade mais avançada (maior de 65 anos), com doenças crónicas ou portadoras de incapacidade que lhes impeça a deslocação, a Câmara Municipal decidiu atribuir um reforço financeiro de 500€ mensais às juntas de freguesia para fazerem face às despesas de combustível e transporte, de forma a garantir o acesso desta franja mais vulnerável a medicamentos e bens de primeira necessidade. Os munícipes que queiram usufruir deste serviço deverão contactar a junta de freguesia da sua área de residência. Os contactos poderão ser encontrados neste LINK.

O Município de Vila Real pretende com estas medidas minimizar desigualdades, garantindo que, neste período particularmente difícil e desafiante para todos, continuará a trabalhar afincadamente para garantir que, dentro daquelas que são as suas competências e em algumas situações indo além delas, ninguém fique para trás.
A autarquia aproveita para agradecer e reconhecer publicamente o trabalho e colaboração estreita de todas as instituições concelhias que ao longo deste período têm unido esforços e recursos para minimizar o impacto desta terrível pandemia, sobretudo junto daqueles que mais precisam.

Menu