Autarquia de Vila Real não adota mais medidas preventivas além das já decretadas pela DGS

A autarquia de Vila Real não tomará, para já, mais medidas de prevenção do novo Coronavírus, ou COVID-19, além das que já foram recomendadas, a nível nacional, pelos vários organismos públicos, em especial pela Direção-Geral de Saúde (DGS).

Carlos Silva, vereador da Câmara Municipal, informou hoje, após a reunião da Comissão Municipal de Proteção Civil, que “as medidas que a autarquia está a adotar são todas aquelas que foram já decretadas pela DGS para o nível atual de alerta”.

“A DGS é a entidade, a nível nacional, que está a coordenar todo o processo relacionado com o novo vírus e, portanto, estamos a adotar tudo o que está a ser proposto. Contudo, em situações particulares, em que se preveja um acumular maior de pessoas, podemos tomar algumas medidas preventivas, como adiamentos ou cancelamentos de eventos”, informou.

O vereador apelou, ainda, a uma conduta responsável por parte da população e congratulou-se por não haver registo, até à data, de qualquer caso de COVID-19. “Se cada um de nós adotar os comportamentos adequados numa situação como esta, nomeadamente em questões relacionadas com a higiene pessoal, que a DGS tem apresentado, a probabilidade de infeção é menor”, acrescentou.

Vila Real ainda sem casos de Covid-19

A Comissão Municipal de Proteção Civil do concelho de Vila Real reuniu esta tarde para auscultar e articular uma possível intervenção concertada dos diferentes agentes concelhios de proteção civil face ao problema que afeta o país relacionado com a propagação do Coronavírus (COVID-19).

As organizações presentes informaram que estão a acompanhar com apreensão o desenvolvimento do problema e também elas, ao nível local, estão a desenvolver os seus planos de contingência para minorar os impactos na comunidade.

Afirmaram, ainda, a importância de não serem adotadas medidas avulsas, descontextualizadas do que são as instruções nacionais de coordenação do processo, nomeadamente as imanadas pela Direção Geral de Saúde.

Reitera esta Comissão a importância de os cidadãos e suas organizações cumprirem com determinação as instruções que estão a ser disseminadas pelas autoridades nacionais de coordenação, nomeadamente as medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença.

A Comissão Municipal de Proteção Civil do concelho de Vila Real e os seus agentes integrantes continuarão em permanência a acompanhar a situação, reafirmando o seu compromisso de tudo fazerem para responder às exigências que a situação comporta, congratulando-se contudo com a situação atualmente vigente no concelho de Vila Real, de ainda não se conhecer registo de qualquer caso positivo.

Menu