Balanço da Campanha “Taxa Zero ao Volante” da GNR

A Campanha de Segurança Rodoviária “Taxa Zero ao Volante” da responsabilidade da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), da Guarda Nacional Republicana (GNR) e da Polícia de Segurança Pública (PSP), decorreu nos dias 6 a 12 de julho e teve como objetivo alertar os condutores e todos os ocupantes dos veículos para os riscos da condução sob a influência do álcool.

Inserida no Plano Nacional de Fiscalização de 2021, a campanha foi divulgada nos meios digitais e através de cinco ações de sensibilização da ANSR, realizadas em simultâneo com as operações de fiscalização realizadas pela GNR pela PSP, em Lisboa, Bragança, Vila Real, Gouveia e Setúbal.

Na campanha foram sensibilizados 365 condutores e passageiros a quem foram transmitidas as seguintes mensagens:

–  Com uma taxa de álcool no sangue de 0,5 g/l o risco de sofrer um acidente mortal duplica;

–  Os acidentes que decorrem da condução sob a influência do álcool são particularmente graves;

–  Conduzir sob a influência do álcool causa perturbações ao nível cognitivo e do processamento de informação, o que acarreta, entre outros efeitos, uma menor capacidade e rapidez de decisão, aumento do tempo de reação, diminuição do campo visual (visão em túnel) e descoordenação de movimentos.

Durante as operações das Forças de Segurança, realizadas entre os dias 6 e 12 de julho, foram fiscalizados 55.264 veículos, tendo sido registado um total de 14.341 infrações, das quais 622 relativas à condução sob o efeito do álcool.

Menu