Boticas: Assembleia Municipal aprovou continuidade do IMI na taxa mínima e devolução do IRS aos munícipes

Realizou-se esta sexta-feira, dia 17 de setembro, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, a última sessão ordinária do atual mandato da Assembleia Municipal de Boticas, onde foram discutidos vários assuntos de interesse concelhio, entre os quais, a fixação e redução da Taxa de Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) relativo a 2021 e a fixação da Participação Variável no Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares (IRS) a incidir sobre os rendimentos de 2022.

Após apreciação, a assembleia aprovou, por unanimidade, as propostas apresentadas pelo executivo municipal.

Assim sendo, em 2022, a Câmara de Boticas volta a abdicar da totalidade da participação a que tem direito (5%) no IRS dos seus munícipes e mantém o IMI no valor mínimo permitido por lei (0,3%), dando ainda continuidade às reduções fixas para os agregados familiares com dependentes a cargo.

Desta forma, uma família com um filho dependente beneficiará de uma dedução de 20€, com dois dependentes uma diminuição de 40€ e com três ou mais dependentes uma redução de 70€.

Menu