Boticas: município combate vespa da galha do castanheiro com largadas biológicas


O Município de Boticas, através do Gabinete Técnico Florestal, com a colaboração da REFCAST – Associação Portuguesa da Castanha, deu início na passada quarta-feira, dia 6 de maio, às ações de combate à vespa da galha do castanheiro, realizando duas largadas do inseto “Torymus Sinensis”, na freguesia de Ardãos e Bobadela.

Considerando que o método mais eficaz para combater a vespa é a luta biológica, a largada de parasitoides, que se alimentam das larvas alojadas nos ramos dos castanheiros e que são capazes de eliminar a espécie hospedeira, tem-se revelado importante para conter a propagação e minimizar os danos associados a esta praga.

Durante a próxima semana está prevista a realização de mais largadas de parasitoides noutras localidades do Concelho.

Menu