Câmara de Lamego atribui Medalha de Ouro à Santa Casa da Misericórdia

A Câmara Municipal de Lamego vai atribuir a Medalha de Ouro da Cidade à Santa Casa da Misericórdia de Lamego, em cerimónia a realizar no próximo dia 12 de dezembro, pelas 11 horas, no Salão Nobre dos Paços do Concelho. Com 501 anos de História, a mais antiga instituição de solidariedade social do concelho será distinguida tendo em conta a sua “exemplar dedicação à causa pública, por assinaláveis serviços prestados em prol do engrandecimento, elevação e dignificação do Município de Lamego, em diversos domínios, contribuindo inegavelmente para maior renome para a cidade”.
Fundada a 20 de abril de 1519, ou seja, apenas vinte e um anos depois da Rainha D. Leonor ter criado a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, a Misericórdia de Lamego é uma das mais antigas do país. Até 1970, dedicou-se quase exclusivamente à assistência aos doentes através do seu Hospital fundado em 20 de abril de 1519, por provisão d’ El Rei D. Manuel I. Inicialmente funcionou na Igreja de S. Francisco, até ser construído, em 1727, o edifício do atual Teatro Ribeiro da Conceição, para servir aí de Hospital até 1892, altura em que foi construído o antigo Hospital D. Luiz I, também hoje já desativado.
A Santa Casa da Misericórdia de Lamego trabalha todos os dias para dar continuidade a um trabalho multissecular que alcança patamares de excelência na prestação de cuidados aos utentes. Teve sempre a capacidade de se adaptar aos desafios do devir, honrando a prática das “14 Obras de Misericórdia”.
Devido ao contexto da atual pandemia, a participação na cerimónia de outorga da Medalha de Ouro será reservada aos representantes dos órgãos da Santa Casa e do Município de Lamego. 

Menu