Câmara de Lamego investe 12 milhões de euros em obras de requalificação e reabilitação

A Câmara Municipal de Lamego presidida por Ângelo Moura lançou um plano de fundo de renovação urbana no concelho que vai revolucionar, pela via da requalificação e construção, diversos equipamentos, parques, passeios, vias e outros acessos num investimento total de 12 milhões de euros. Algumas destas obras já estão em curso ou já foram adjudicadas, pelo que no centro do concelho, na cidade de Lamego, há já sinais dessa profunda revolução urbana.

Apoiada em fundos comunitários do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU) os onze novos projectos de melhoramentos urbanísticos de Lamego resultam num investimento de 12 milhões de euros, sendo este o maior investimento da autarquia, nestas áreas de intervenção. Com o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos munícipes e de dotar a cidade de infraestruturas modernas e sustentáveis, a Câmara Municipal de Lamego apostou neste plano de desenvolvimento tendo em consideração áreas essenciais, como a regeneração urbana, a mobilidade, o ambiente e o apoio à população.

Para o presidente da Câmara Municipal de Lamego, Ângelo Moura, «este conjunto de intervenções vão trazer uma nova vida à cidade, tanto ao nível paisagístico e urbanístico, como ao nível da qualidade de vida dos munícipes permitindo o usufruto de uma cidade mais moderna, com conforto e segurança. A aposta nas áreas da acessibilidade e da mobilidade vão também possibilitar que os cidadãos circulem com outra facilidade e comodidade, o que anteriormente não era possível. Para além disso, a oferta de novos espaços verdes e lúdicos vai também permitir que várias gerações possam aproveitar a nossa cidade em pleno, com tudo de bom que Lamego tem para oferecer.»

Menu