Câmara de Vila Pouca de Aguiar encerra equipamentos e suspende eventos

Tendo em consideração a declaração de situação de pandemia por parte da Organização Mundial de Saúde relativa à emergência de saúde pública mundial da infeção de Coronavírus (COVID-19), a Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar informou hoje os munícipes de um conjunto de medidas preventivas com efeitos imediatos e que serão reavaliados no final do mês de março.

Assim, ficou decretado: ativação do Plano de Contingência Municipal; suspensão de todos os eventos municipais; encerramento de todos os equipamentos municipais, à exceção do Centro Hípico de Pedras Salgadas que funcionará, apenas, para terapias individuais; suspensão das feiras regulares em território concelhio (Campo de Jales, Ferreirinho, Pedras Salgadas, Sabroso e Vila Pouca de Aguiar); recomendação às Freguesias e a todas as associações de cariz cultural, desportivo, recreativo e social que suspendam a realização de atividades que envolvam a concentração de pessoas.

A autarquia acrescenta que deve evitar ir ao Centro de Saúde mas, se for, solicite e coloque máscara. Quem tenha indícios idênticos aos sintomas gripais, e só nesse caso, se tiver de se ausentar por motivos de força maior, deve contactar a Proteção Civil Municipal para que lhe seja fornecida máscara a utilizar no tempo que esteja fora de casa. Relativamente a deslocações, evitar sair do concelho, evitar receber visitas que venham de fora do concelho e, ainda que a interrupção de viagens careça de despacho do Delegado de Saúde, o Município suspende qualquer tipo de apoio a viagens.

Os Serviços Municipais continuarão em funcionamento, contudo, apela-se aos munícipes para que os procurem em situações essenciais e/ou inadiáveis, devendo ser privilegiado o contacto telefónico (259419100) ou eletrónico (geral@cm-vpaguiar.pt).

Quem necessitar de mais esclarecimentos, pode contactar a Proteção Civil Municipal (Tlm.: 961537525 /961537535).

Menu