Casos de COVID-19 na Santa Casa da Misericórdia de Lamego subiram para 12


A Santa Casa da Misericórdia de Lamego informa que o número de utentes infetados por COVID-19 no Lar de Idosos de Arneirós aumentou para doze, existindo também dois colaboradores que apresentaram resultados positivos.

Todos os utentes e profissionais encontram-se bem neste momento, apresentando uma situação clínica estável e sem sintomas preocupantes. “Estamos a tentar todos os esforços para, em conjunto com o Serviço Municipal de Proteção Civil, conseguir constituir duas equipas de colaboradores com o objetivo de separarmos totalmente os utentes infetados e não infetados e evitar por todos os meios a propagação da doença. Faremos tudo o que estiver ao nosso alcance para proteger os utentes, os funcionários e as suas famílias”, explica o Provedor António Marques Luís.

A equipa de saúde interna da Misericórdia de Lamego está a monitorizar regularmente os sintomas das pessoas infetadas e a prestar todos os cuidados necessários com vista ao seu tratamento.

Devido à atual situação de pandemia, esta instituição foi das primeiras no país a proibir as visitas externas com o objetivo de proteger os seus utentes.

Conforme também previsto no seu Plano de Contingência, a Santa Casa da Misericórdia de Lamego também adotou outras medidas de caráter excecional de modo a evitar uma eventual contaminação. A aquisição de equipamentos de proteção individual e o prolongamento dos turnos de trabalho, bem como nova formação nesta área dada aos colaboradores através da Autoridade de Saúde Local foram algumas das medidas implementadas durante as últimas semanas.

Esta instituição informa ainda que, em articulação com o Serviço Municipal de Proteção Civil e a Autoridade de Saúde, continua a aguardar os resultados de testes de despistagem efetuados a outros utentes e colaboradores desta valência.

Menu