CDS-PP: Novos órgãos eleitos no distrito de Vila Real


No passado sábado, dia 18 de julho de 2020, foram realizadas as eleições referentes aos órgãos concelhios de Alijó, Chaves, Mondim de Basto, Montalegre, Ribeira de Pena e Santa Marta de Penaguião e aos órgãos distritais de Vila Real do CDS-Partido Popular. 

As eleições supramencionadas deveriam ter decorrido no passado mês de março, mas a suspensão de todos atos eleitorais por parte da Secretaria-Geral do CDS-PP devido à pandemia da Covid-19, adiou de forma indeterminadas a sua realização.

Os atos eleitorais decorreram em conformidade e respeito pelas diretivas da Direção-Geral de Saúde no que concerne ao uso de máscara pessoal, disponibilização de álcool gel, ao distanciamento social e a prevenção de ajuntamentos de pessoas.

A nova Comissão Política Distrital de Vila Real do CDS-Partido Popular é liderada por Gonçalo Nascimento Alves, 32 anos, formado em Economia e estudos pós-graduados em Ciência Política, membro da Assembleia Municipal de Chaves desde 2017, Conselheiro nacional do partido desde 2018 e atual Coordenador Autárquico adjunto.

Numa publicação nas redes sociais, Gonçalo Nascimento Alves afirmou relativamente ao momento atual do partido, “assumimos o legado que recebemos por inteiro e entregaremos uma herança melhor aos próximos”. 

Como grande objetivo do novo mandato, a preparação das eleições autárquicas de 2021, Gonçalo Nascimento Alves referiu que “lutaremos por comunidades e municípios, por territórios que desejam e ambicionam mais, muito mais”.

João Alarcão Branco, histórico militante do CDS-PP de Mondim de Basto, é o novo Presidente da Mesa do Assembleia Distrital e José Carlos Rebelo mantém-se como Presidente da Conselho Distrital de Jurisdição.

Os presidentes concelhios eleitos são Acácio Gonçalves (Montalegre), Ângelo Ferreira (Ribeira de Pena), João Vale (Santa Marta de Penaguião), Rui Lopes (Alijó), Torcato Moura (Mondim de Basto) e Vítor Pimentel (Chaves).

Menu