CDU entregou lista regida pela “proximidade”

Na passada sexta-feira, a CDU de Vila Real entregou a lista candidata às eleições legislativas marcadas para janeiro de 2022.
Neste momento simbólico, o mandatário, Manuel Cunha, médico e diretor do serviço de hematologia do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, realçou que o objetivo desta candidatura é “prosseguir uma presença ativa, inserida nas populações e bem conhecedora dos problemas da região. “Ao longo de 40 anos, as políticas de direita dos governos não levaram à resolução de grande parte destes problemas e, para isso, é necessária a confiança de que esta lista nasce na região e que tem uma representatividade das várias atividades profissionais dos vários concelhos da, com um conhecimento profundo que se insere em toda uma tradição política de intervenção da CDU”, salientou.
De facto, segundo Manuel Cunha, a CDU tem desenvolvido uma política de proximidade que lhe permitiu identificar os problemas que a região tem enfrentado, nomeadamente, o despovoamento, a baixa natalidade, a reduzida fixação de população, entre outros. “Sabem que podem contar com a CDU enquanto voz ativa, que será sempre útil para reverter o rumo político do país e lançar uma política ao encontro das necessidades do povo”, concluiu.
A lista é encabeçada por José Miguel Fernandes, 54 anos, Agricultor, Presidente da Associação dos Pastores do Norte e do Secretariado dos Baldios de Trás-os-Montes e Alto Douro, e membro da Direção da Organização Regional de Vila Real do PCP.
Em segundo está Júlia Violante, 65 anos, professora e membro da Comissão Concelhia de Vila Real e da Direção da Organização Regional de Vila Real do PCP; seguida de Inês Torrado da Silva, 57 anos, médica e militante do PCP.
Em quarto, foi apresentado António Serafim, 66 anos, técnico administrativo e coordenador da União de Sindicatos de Vila Real, seguido por José Moutinho, em quinto lugar, 30 anos, enólogo e Membro do Conselho Nacional do Partido Ecologias “Os Verdes”. CR

Menu