Centenas de Milhares de árvores plantadas em Mondim de Basto

Na semana em que assinalou o Dia Internacional das Florestas, o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas com o apoio do Conselho Diretivo de Baldios do Bilhó e do Município de Mondim de Basto, concluiu uma ação de reflorestação na Toutuça, freguesia do Bilhó, com cerca de 20 mil árvores plantadas.

O Vice-Presidente Paulo Mota e o Vereador Nuno Lage visitaram esta ação de reflorestação na Toutuça, onde 15 hectares de terreno vão servir de habitat a milhares de pinheiros silvestres oriundos do Gerês (uma ação de proteção desta espécie autóctone), mas também a outras espécies como os castanheiros, as nogueiras, os carvalhos, os medronheiros e os sobreiros.

Num território marcado por uma vasta mancha florestal, promover ações que contribuam para o ordenamento e a multifuncionalidade da floresta, revela-se fundamental para a valorização do território e da economia rural.

Nos últimos quatro anos, os Gestores/Secretariados dos Baldios têm apostado na conservação e manutenção do espaço florestal, nomeadamente no que diz respeito à criação e melhoria de aceiros e caminhos. Neste período, 822 hectares de floresta foram intervencionados, tendo as entidades gestoras aproveitado a regeneração natural das espécies, mas também procedido à sua reflorestação com mais de 300 mil árvores.

Como explica o Vice-Presidente Paulo Mota, o trabalho que se tem desenvolvido com estas entidades na gestão sustentável das áreas florestais do concelho, irá revelar-se fundamental para promover a sua biodiversidade, a sua produtividade e a sua capacidade de regeneração

Menu