Centro de Meios Aéreos de Ribeira de Pena conta com um helicóptero

O Centro de Meios Aéreos de Ribeira de Pena (CMA) já está operacional para o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR) contando, desde o dia 1 de junho, com um helicóptero de combate a incêndios florestais.

O concelho de Ribeira de Pena possui uma das maiores manchas florestais do país e, por isso, o helicóptero sediado em Lamelas, que atua prioritariamente em missões de ataque inicial com uma equipa de cinco elementos da Unidade de Emergência de Proteção e Socorro da GNR, é uma grande mais valia para o nosso território ao garantir uma rápida intervenção no combate aos incêndios florestais nascentes, impedindo a sua evolução descontrolada e o surgimento de danos na vida humana, no património das pessoas e no ambiente.

Este ano, para além dos militares da Unidade de Emergência de Proteção e Socorro (UEPS) da GNR, o funcionamento do CMA, fruto da boa articulação e colaboração existente entre a Câmara Municipal e as Associações Humanitárias de Bombeiros de Cerva e de Ribeira de Pena, conta, pela primeira vez, com uma nova equipa de Serviço Básico de Salvamento e Luta Contra Incêndios constituída por bombeiros dos Corpos de Bombeiros de Cerva e de Ribeira de Pena, guarnecidos por um veículo de combate a incêndios.

A autarquia tem garantido o apoio logístico ao funcionamento do CMA de Ribeira de Pena, por forma a assegurar a permanência e a plena operacionalidade do meio aéreo em intervenções de defesa da floresta contra incêndios no concelho de Ribeira de Pena.

O helicóptero de combate a incêndios florestais estará sediado no concelho de Ribeira de Pena até 30 de setembro.

Menu