Centro de Observação da Natureza do Barroso conta com mais uma infraestrutura de dinamização

No âmbito do projeto Centro de Observação da Natureza do Barroso, a Câmara Municipal de Boticas tem vindo a dotar o Parque Boticas – Natureza e Biodiversidade (BNB) e a sua área envolvente com infraestruturas e equipamentos que visam aumentar a oferta turística deste equipamento, aproveitando os recursos endógenos de um território classificado como Património Agrícola Mundial, pela FAO.

Numa primeira fase da candidatura, a Câmara de Boticas construiu um percurso de arborismo direcionado para um público mais jovem, nomeadamente crianças e adolescentes, numa vertente contemplativa e em que o objetivo era promover a observação da natureza em percursos de baixa dificuldade, proporcionando momentos de aventura aos participantes e, simultaneamente, uma forte ligação com o meio natural, contribuindo para o desenvolvimento de uma consciência de preservação ambiental.

Dadas as caraterísticas e a elevada procura deste tipo de equipamentos desportivos por parte dos visitantes do BNB, a Autarquia decidiu, numa segunda fase do projeto, construir um percurso de arborismo para adultos, junto ao parque infantil.

O circuito é constituído por 12 pontes suspensas e um slide, instalado em árvores (abetos e carvalhos), sendo que as pontes suspensas estão instaladas entre os 2 e os 6 metros de altura, através de plataformas octogonais em madeira.

O acesso ao percurso suspenso é feito através de uma escada colocada no solo, local onde está acessível um painel informativo com as orientações técnicas, normas de acesso e utilização, bem como a capacidade de carga do equipamento.

Além disso, foi adquirido o equipamento de proteção individual necessário para que os utilizadores possam usufruir do equipamento em segurança.

Os visitantes do BNB têm agora mais uma infraestrutura para desfrutarem de um circuito de plataformas entre árvores e do contacto direto com a natureza, o que torna o Centro de Observação da Natureza do Barroso num espaço cada vez mais dinâmico e direcionado para as diferentes faixas etárias.

O projeto contempla ainda a dinamização e diversificação da oferta turística existente no Concelho, através da adaptação de um edifício localizado no Parque de Animação Turística e Aventura, em Carvalhelhos, de modo a garantir as condições necessárias para o acolhimento e pernoita de grupos de visitantes que participem em atividades desenvolvidas neste território.

Importa salientar que estes investimentos decorrem no âmbito da candidatura NORTE-06-3928-FEDER-000173- “Centro de Observação da Natureza do Barroso – Fase II“, aprovada através do aviso NORTE-28-2020-06- ESTRATÉGIAS DE EFICIÊNCIA COLETIVA PROVERE – PROJETOS ÂNCORA, com investimento total elegível de 249.537,19€ e uma comparticipação FEDER de 212.106,61€, correspondente a uma taxa de cofinanciamento de 85% do custo total elegível da operação.

Menu