Chaves: executivo municipal inaugura investimento no concelho

No dia em que se assinalaram precisamente três anos após as últimas eleições autárquicas, o Presidente da Câmara Municipal de Chaves e Vereadores inauguraram, ontem, dia 1 de outubro, a obra de Requalificação e Ampliação da Escola Básica Nº3 de Chaves, que integra o Ensino Básico e Jardim de Infância do Caneiro. 

Esta obra, esperada há cerca de 12 anos, contemplou a construção de duas novas salas de apoio, um espaço para refeitório, novas casas de banho novas, adaptadas para crianças com mobilidade reduzida e um novo recreio coberto, bem como a manutenção das características das duas infraestruturas pré-existentes, modernizando-as, renovando a instalação elétrica e as caixilharias em madeira, acrescentando-lhes conforto térmico e acústico, num investimento global de 835 mil euros, com um financiamento a 85% por fundos comunitários (FEDER), no âmbito do Programa Operacional Regional Norte 2014-2020 (NORTE 2020).

Do programa do dia constou ainda a visita às novas instalações da Divisão de Ação Social e da Comissão Municipal de Proteção de Pessoas Idosas, localizadas a freguesia da União de Freguesias da Madalena/Samaiões. Esta ação concretiza a abertura ao público de mais um serviço municipal descentralizado, com apoios mais próximos e acessíveis aos cidadãos, que trazem mais centralidade à União de Freguesias da Madalena/Samaiões. Para o autarca, Nuno Vaz, esta opção traduz “a vontade clara deste executivo municipal em afirmar e valorizar a União de Freguesias da Madalena/Samaiões”, criando, em simultâneo, com esta decisão uma “resposta mais próxima, integrada e competente a todas as solicitações, com especial incidência nas consequências diretas e indiretas decorrentes da pandemia Covid-19, na qual este setor tem tido uma intervenção muito ativa.” 

No âmbito da captação de investimento privado levado a cabo por este executivo, o périplo terminou o dia com a inauguração da empresa “Sistemas Delfin SL”, localizada no Parque Empresarial de Chaves e que representa um investimento no concelho de seis milhões de euros, contemplando a criação de cerca de uma dezena e meia de postos de trabalho. Empresa com sede em Espanha e nos EUA, conta com 33 anos de existência e dedica-se à extrusão de alumínio, tendo já garantida a exportação do produto final. Para Nuno Vaz, “este processo só foi possível concretizar-se com um esforço da administração pública no sentido de simplificar procedimentos, garantindo celeridade, rigor e competência, numa relação mais próxima com o setor empresarial.”

Menu