Chaves: “Iceberg” a reflexão sobre um grande degelo no V Festival de Teatro de Rua

O “V Festival de Teatro de Rua” apresenta a peça “Iceberg”, na próxima quinta-feira, dia 18 de agosto, pelas 21h30, uma encenação que aborda as origens e consequências das alterações climáticas, não aconselhável para corações sensíveis e de fácil melindre, no Largo General Silveira.

Produzida pelo grupo vila-realense Peripécia Teatro, “Iceberg” não é uma comédia, não é um espetáculo que nos faça rir a bandeiras despregadas. É uma forma cómica de narrar tragédias, nomeadamente a do Homem na Terra!

Esta peça teatral assente em preocupações ambientais, foi construída a partir da história de um homem cego pela ambição e pelo consumismo, fascinado pelas suas próprias descobertas e invenções, acabou por não cuidar da sua casa – o planeta terra.

Cortou árvores, deixou que rios e mares se povoassem de materiais poluentes, fez do plástico e do betão reis. Egoísta e inconsequente, gastou recursos e privou os animais dos seus habitats.

Tudo começa depois do grande degelo!

Inserida no projeto “Teatro de Rua em Chaves” esta iniciativa, com entrada gratuita, é organizada pelo Município em parceria com o Teatro Experimental Flaviense.

GC CM de Chaves

Menu