Chaves: redução de IMI para o valor mínimo

O Município de Chaves volta a baixar o Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI), que passará a colocar-se no limite mínimo admissível. A proposta para a descida do IMI surge no contexto do Orçamento Municipal para 2021 e confirma a trajetória descendente que havia sido iniciada em 2018, atingindo em 2021 a taxa de 0,30%, um mínimo histórico.

Para além desta redução, a autarquia flaviense, à semelhança do que sucedeu nos anos anteriores, manterá em 2021 a redução do valor do IMI Familiar. Permitirá desta forma mais uma redução de 20 euros nas famílias com um dependente, uma redução de 40 euros nas famílias com dois dependentes e uma redução de 70 euros nas famílias com três ou mais dependentes.

Haverá também um estímulo para a reconstrução e reabilitação dos edifícios do centro histórico da cidade de Chaves, com a redução de 0,15% do valor do IMI, para os prédios reabilitados e ou arrendados.

Recorde-se que, em 2017, quando este executivo municipal tomou posse, a taxa do IMI praticada no município era de 0,35%, tendo vindo gradualmente a diminuir, traduzindo uma poupança considerável para os contribuintes detentores de imóveis, e uma redução muito significativa da carga fiscal associada.

Está assim consumado mais um passo na ajuda às famílias flavienses e no caminho definido pelo Executivo Municipal em 2017, que concretiza o compromisso assumido de reduzir a taxa do IMI, durante este mandato, para o seu valor mínimo.

Menu