Consignada obra de requalificação da antiga escola de enfermagem em Lordelo

Foi formalizada em Lordelo, no dia 1 de outubro, a consignação da empreitada de adaptação da antiga escola de enfermagem a escola do 1º CEB e Jardim de Infância. Esta obra, que tem um prazo de execução de 12 meses e custo previsto de 1.205.282,50 euros (IVA incluído), com financiamento comunitário no âmbito do Programa NORTE-08-5673-FEDER-000196, irá dotar o concelho de um novo centro escolar, reforçando a oferta existente ao nível das respostas educativas, com a criação de mais 8 salas para o 1º Ciclo e 3 para o Ensino Pré-escolar, garantindo, ao mesmo tempo, uma distribuição equilibrada em termos territoriais.

“Aproveitar uma infraestrutura já existente que de outra forma ficaria ao abandono” foi, nas palavras do presidente da Câmara Municipal, Rui Santos, “a melhor solução para a criação deste novo e moderno centro escolar de Vila Real”. O autarca frisou a este respeito “o importante contributo dado pela UTAD que, em boa hora, cedeu aquele espaço para este fim”.

Os trabalhos a realizar passarão em grande parte pelo aproveitamento do edificado, adaptando-o às necessidades e exigências atuais. A zona poente, onde funcionará o Jardim de Infância, assim como a remodelação das casas de banho e a intervenção ao nível das infraestruturas de água e saneamento, iluminação e aquecimento, serão as áreas que exigirão uma intervenção mais de fundo. Os espaços de lazer exteriores cobertos e a reabilitação do polivalente são outras das melhorias previstas.

O presidente da Junta de Freguesia de Lordelo, José Gomes, e a diretora do Agrupamento de Escolas Diogo Cão, Elisabete Leite, manifestaram também o seu agrado pelo arranque deste projeto que vem dar alternativas e aumentar a oferta e qualidade do ensino da cidade permitindo, como referiu Elisabete Leite, “responder aos muitos pedidos para receber alunos, numa altura em que a procura excede a oferta”.

Menu