Corridas de Vila Real comemoram 90 anos

A Autarquia Vila-Realense anunciou, ontem, as comemorações dos 90º aniversário da realização das primeira corridas automóveis em Vila Real. Assim, ao longo do próximo ano, em parceria com Associação Promotora do Circuito Internacional de Vila Real (APCIVR) e o Clube Automóvel de Vila Real (CAVR), a Câmara Municipal de Vila Real vai organizar tertúlias, exposições de fotografias, cartazes, miniaturas automóveis alusivos ao circuito vila-realense, carros de competição, um concurso de fotografia e homenageará as pessoas e as entidades envolvidas na organização e preservação das corridas na capital transmontana.

“Em 1931, um ato pioneiro tem lugar a primeira edição do circuito automóvel de Vila Real, a 15 de junho. Este é o momento que comemoramos hoje, passaram exatamente 90 anos sobre este acontecimento, comemoramos a visão de um conjunto de vila-realenses que perceberam o potencial do desporto automóvel”, declarou Rui Santos, presidente da Câmara Municipal de Vila Real.

De salientar que as datas destes eventos serão divulgadas progressivamente, dado que ainda há alguma “incerteza” por causa da evolução da pandemia de Covid-19.

Por sua vez, Jorge Almeida, do CAVR, anunciou que, brevemente, será inaugurado o “Race Control”, local onde “é crivado tudo o que se passa ao longo da pista”. “Era algo importante para nós, uma vez que, devido à falta de condições, não conseguíamos ter qualidade no trabalho. Assim, em 2022, vamos trabalhar mais e melhor”, frisou, acrescentando que a obra está em fase de conclusão.

José Silva, da APCIVR, recordou, também, que, além das atividades já apresentadas, em conjunto com a Adega de Vila Real, será lançado um vinho e uma medalha comemorativos, que serão entregues às entidades que sempre se envolveram no circuito e nas corridas, num jantar comemorativo.

Além disso, numa vertente mais social, decorrerá uma caminhada solidária pelo circuito, cujos fundos angariados serão doados a uma IPSS.

Por fim, Rui Santos, anunciou a construção do Museu Automóvel, no centro da cidade. Segundo o autarca, o projeto, que é uma iniciativa privada, já foi entregue no município e poderá ter início em 2022.

Menu