Covid-19: autarca de Valpaços questionou dados do Boletim Epidemiológico

O presidente da Câmara Municipal de Valpaços questionou, ontem, os dados divulgados pelo Boletim Epidemiológico do Alto Tâmega. O concelho apresentava, no boletim de 13 de novembro, 55 casos ativos.

“O Boletim Epidemiológico do dia 13 de novembro reportava ao concelho de Valpaços mais 9 casos de Covid-19 em fase ativa. Entre 27 de outubro a 12 de novembro, o concelho teve um aumento de 34 casos de infeção, tendo apenas recuperado quatro pessoas”, informou Amílcar Almeida, acrescentado que, se o período de recuperação é entre 10 a 14 dias, “não é possível um número tão baixo de recuperados”.

“A 27 de outubro o concelho registava 21 casos ativos e 29 recuperados, seria de esperar que, 15 dias depois, houve mais pessoas recuperadas do que as registadas. Não é de todo o que se constata nos dados fornecidos. É do meu conhecimento pessoal que, desde essa data, cerca de 18 pessoas já recuperaram e regressaram a trabalho”, referiu o autarca.

Depois de questionada, a Unidade de Saúde Pública do Alto Tâmega referiu que a notificação aos recuperados não está a ser feita atempadamente e que a notificação dos novos casos é mais rápida.

“Esta situação, a meu ver, merece melhor tratamento, exigindo-se maior celeridade, até para evitar alarmismo social”, sublinhou.

Menu