Covid-19: criado Centro de Vigilância Ativa em Lamego

O Município de Lamego reforçou a sua nova missão de combate à COVID-19, com a cedência de instalações e apoio logístico que permitiu a criação de um Centro de Vigilância Ativa nesta cidade que está a apoiar o Serviço Nacional de Saúde na realização de rastreios de contactos de risco de doentes. O novo serviço funciona junto do Centro Multiusos de Lamego e serve as populações dos concelhos de Lamego, Tarouca e Armamar.

O Presidente da Câmara Municipal, Ângelo Moura, acompanhado esta sexta-feira, dia 29, pelo Vice-Presidente, António Alves da Silva, pela diretora do ACES Douro Sul, Albertina Cardoso, e pela delegada de saúde do concelho de Lamego, Catarina Marques, visitou esta plataforma de apoio para felicitar os técnicos que realizam aqui centenas de chamadas por dia para fazer inquéritos epidemiológicos.

Entre outras tarefas, os operadores do Centro de Vigilância Ativa Covid-19 disponibilizam códigos aos utentes para fazerem testes de despiste e reforçam as recomendações da Direção-Geral da Saúde com o objetivo de mitigar o risco de contágio.

Menu