COVID-19: desinfeção de escolas começa amanhã

João Gomes Cravinho, ministro da Defesa Nacional, declarou à RTP 1 que a desinfeção de escolas para a retoma das aulas começa amanhã, de forma faseada, em vários sítios do país. 
Segundo o ministro, o “trabalho de planeamento já está em curso e amanhã já começarão algumas desinfeções”, para possibilitar o regresso às aulas dos alunos do 11.º e 12.º anos. Apesar de não ter divulgado quantas escolas vão ser desinfectadas, o João Gomes Cravinho disse à mesma fonte que os trabalhos terão início em “vários sítios, simultaneamente”, estando envolvidas “cerca de 80 equipas de desinfeção”, das quais “60 do Exército e 20 da Marinha”, isto é, no total, “cerca de 400 militares”.

Para além disso, o ministro da Defesa Nacional frisou que, amanhã, “em princípio”, estará com o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, numa escola da Amadora, no âmbito das ações de desinfeção.

Relativamente a esses trabalhos, realçou, ainda, que haverá “algumas intervenções prioritárias em escolas que tenham tido utilização contínua”, passando depois “para outras escolas que têm menos necessidade, porque terão uma carga viral mais baixa” por “não terem sido utilizadas durante algum tempo”.

Menu