COVID-19: Semana Académica da UTAD foi cancelada


A Associação Académica da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro anunciou, no passado dia 27 de março, que a Semana Académica 2020 foi cancelada. Uma decisão “inevitável” devido à pandemia da Covid-19.

“Esta mensagem parte tarde, não tarda por esquecimento mas porque verdadeiramente precisávamos de tempo. Tempo para pensar, refletir, para procurar e encontrar as melhores soluções. No início deste ano, fomos desenhando e escrevendo uma história. A mais bela das histórias, a vossa história nesta academia e nesta cidade. Viria a culminar na mais bela Semana Académica da UTAD!” explicou a Associação Académica, acrescentando que “nem tudo correu como esperado”, uma vez que “a pandemia que se impôs assume agora proporções gigantescas”.

No comunicado, a AAUTAD confessou que não há nada que a deixe “mais triste”, mas que é uma decisão “inevitável”. “Só nos resta pensar nisto da melhor maneira para encontrar as melhores soluções possíveis”, declarou, frisando que é impossível “planear algo tão grande na imprevisibilidade”.

Apesar desta decisão, a AAUTAD defendeu que “as tradições mantêm-se e são para cumprir” e, por isso, comprometeu-se a realizar a missa de bênção das pastas e a cerimónia oficial de queima das fitas numa data a anunciar, permitindo, assim, aos finalistas celebrar o término do seu percurso académico. “Para que todos os pais, irmãos, avós, restantes familiares e amigos se unam neste momento de saudade e celebração.”

Por fim, a AAUTAD reconfortou os estudantes dizendo que não irá parar: “Iremos continuar a construir este caminho. A mais bela das histórias não ficará por aqui. Ainda temos muito a acrescentar, muitas palavras para serem ditas, muitas ideias para serem formuladas. O nosso caminho será traçado pela nossa capacidade de ultrapassarmos as nossas adversidades.
Seremos maiores que esta pandemia! Seremos AAUTAD cada vez mais convosco!
Neste momento difícil, impõe-se que estejamos ainda mais próximos uns dos outros!
Unidos vamos ainda escrever a mais bela das histórias!”.

Menu