Destruídos cerca de duas dezenas de ninhos de vespa velutina no concelho de Alijó

O Município de Alijó, através do Serviço Municipal de Proteção Civil, procedeu à destruição de cerca de duas dezenas de ninhos de vespa velutina, também conhecida como vespa asiática, durante o presente ano.

Esta tarefa é uma competência dos serviços das autarquias locais que tem como objetivo controlar a proliferação desta espécie predadora da abelha europeia.

Esta vespa não-indígena tem um comprimento médio de cerca de 2,5 centímetros. Distingue-se de outras espécies de vespa, habituais no nosso país, pelo facto de possuir as pontas das patas amarelas e o abdómen escuro, com uma faixa amarela fina e apenas um segmento amarelo.

O método considerado mais eficaz para fazer face a esta ameaça e reduzir o seu impacto sobre as abelhas indígenas é a destruição dos seus ninhos. A presença da vespa velutina tem alguns efeitos negativos, nomeadamente na apicultura, por se tratar de uma espécie carnívora e predadora de abelhas.

Todos os avistamentos de vespas velutinas ou ninhos devem ser comunicados ao Serviço Municipal de Proteção Civil.

Menu