Dia Internacional do Enfermeiro deve ser “justa homenagem” aos profissionais

Hoje, dia 12 de maio, celebra-se o Dia Internacional do Enfermeiro, classe profissional que, ao longo dos últimos 14 meses, não tem poupado esforços e sacrifícios no combate à pandemia de Covid-19 e que, segundo Gabriel Gonçalves, diretor executivo do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Douro I – Marão e Douro Norte, merece “uma justa homenagem”, por tudo o que tem feito pela comunidade.

“Estamos a falar de profissionais que dão o seu melhor, que estão bastante desgastados, não é só nos centros de saúde, mas também nos hospitais e nas IPSS, em todos os contextos em que a profissão é exercida. Portanto, esta lembrança é, no fundo, [uma oportunidade para] fazer uma justa homenagem e enaltecer o esforço que têm feito”, salientou o diretor executivo, salientando que há profissionais que não têm férias há um ano e meio.

Além disso, Gabriel Gonçalves destacou que, a par da homenagem, existe um desejo por parte do ACES, “de que as condições de trabalho e de carreira possam ser resolvidas, para que uma inteira classe profissional possa ter uma reciprocidade por parte da tutela e de toda a sociedade, dado o contexto em que exercem a sua profissão”.

Menu