Diocese de Vila Real celebrou Dia da Família

No encerramento da semana da vida que decorreu do dia 9 ao dia 16 de maio, a Diocese de Vila Real celebrou, no passado domingo, o dia diocesano da família, com dois momentos marcantes, carregados de fé, sentido e vida.

No sábado foi Vila Pouca de Aguiar que, pela equipa arciprestal da Pastoral da Família, Centro II, acolheu, organizou e dinamizou uma vigília Mariana.

No domingo, a Sé de Vila Real abriu as portas para, sob a presidência do seu Bispo, D. António Augusto Azevedo, agradecer, na celebração eucarística, os dez, os vinte e cinco, os cinquenta e os sessenta anos de jubileu matrimonial dos casais ali presentes em representação de todos os outros casais da diocese.

Na homilia, D. António Augusto Azevedo realçou a dádiva da vida, o valor da família como Igreja doméstica, tão marcante e emergente nestes tempos de pandemia, assim como a dignidade do matrimónio assente em duas palavras: esperança e compromisso.

Um matrimónio baseado na renovação diária, no anúncio, no acolhimento, potencializado pelos momentos de interioridade e evitando as ruturas e ruídos. Salientou ainda o valor do matrimónio cristão como testemunho de fé, a começar por casa, pela própria família, na autenticidade dessa vivência pessoal e comunitária que será anúncio de vida renovada e projecto de beleza, acrescentou.

Foi uma celebração simples, mas muito sentida, vivida na autenticidade e na partilha da fé e afetos. Cada casal presente recebeu, das mãos do seu pastor um diploma comemorativo, uma mensagem de conforto, de esperança e de parabéns pelo caminho percorrido.

Para culminar, os alunos do CRMVR brindaram-nos com um concerto de excelência. Todos estes acontecimentos foram transmitidos em direto pelos canais do Youtube e Facebook da Diocese.

João Paulo Lopes

Menu