Distrital de Vila Real do Partido Socialista congratula-se com resultados nas Autárquicas

O Secretariado da Federação Distrital de Vila Real do Partido Socialista reuniu para analisar os resultados eleitorais das últimas eleições autárquicas, que resultou na terceira vitória eleitoral consecutiva que permite reunir as condições para manter a presidência simultânea da Associação Nacional de Municípios (ANMP) e da Associação Nacional de Freguesias (ANAFRE).

O PS concorreu no distrito de Vila Real a treze câmaras com listas próprias, sem qualquer coligação, tendo obtido nestas eleições um resultado histórico com 43,68%, apenas superado a nível nacional pelo distrito de Beja. O envolvimento de todos quantos participaram nas listas do PS foi elogiado por ter permitido alcançar este resultado, valorizando as candidaturas e reforçando o quadro de um verdadeiro espírito de serviço de proximidade às populações.

Na análise resultados concelhios destaca-se a inédita eleição de uma mulher como presidente de câmara municipal em Sabrosa e a consolidação das duas maiorias absolutas nas principais cidades, Chaves e Vila Real, e assegurando importantes vitórias nos concelhos de Mesão Frio, Montalegre, Ribeira de Pena e Santa Marta de Penaguião.

Assim, o PS garantiu a eleição de 36 mandatos em câmaras municipais, 119 mandatos em assembleias municipais e 606 mandatos em assembleias de freguesia. Tendo assegurado a eleição de 7 presidentes de câmara municipal e 84 presidentes de juntas de freguesia, sendo que nos concelhos de Santa Marta de Penaguião e de Vila Real assegurou a totalidade das lideranças nas respetivas freguesias.

Com este resultado, o PS também continua a ser o partido mais votado no distrito de Vila Real com 54 969 votos, sendo apenas superado no número de votos, caso as candidaturas do PSD e PSD/CDS sejam consideradas em simultâneo. De realçar ainda que, tendo o PSD concorrido coligado em 7 concelhos (Alijó, Vila Real, Chaves, Mesão Frio, Montalegre, Ribeira de Pena, Santa Marta de Penaguião) apenas conseguiu ganhar em apenas um. Sendo que na disputa direta com o seu principal competidor (PSD) o Partido Socialista regista mais presidências de câmara, mais mandatos nas câmaras municipais, mais mandatos nas assembleias municipais e mais mandatos nas assembleias de freguesia.

Finalmente o Secretariado da Federação, formulou um voto de profundo agradecimento aos três presidentes de câmara que não se recandidataram (Mesão Frio, Mondim de Basto e Sabrosa) por todo o trabalho desenvolvido ao longo dos seus mandatos. De igual modo enalteceu a participação de todos os cidadãos que, entre efetivos e suplentes, se candidataram a todos os órgãos autárquicos, sob a bandeira do PS, assim como endereçou uma palavra de reconhecimento aos que, nas mesas eleitorais, garantiram o bom funcionamento deste ato eleitoral, verdadeira festa da democracia portuguesa.

Menu