Estratégia Local de Habitação de Vila Real aprovada na Assembleia Municipal

Foi aprovada por unanimidade, na Assembleia Municipal de ontem, a Estratégia Local de Habitação (ELH) de Vila Real. Um momento importante, segundo o presidente da Câmara Municipal de Vila Real, dado que “é a primeira vez que é aprovado um documento com estas características no concelho”.

A estratégia prevê um investimento de cerca de 11 miLhões de euros para apoiar cerca de 140 famílias com carências económicas para que estas tenham acesso a habitações condignas.

Recorde-se que a ELH é realizada no âmbito do 1º Direito, do Programa de Apoio ao Acesso à Habitação, permitindo, assim, desenvolver soluções habitacionais através da reabilitação, aquisição e ou construção de imóveis.

CDS-PP e PSD votaram a favor

Aquando da aprovação deste ponto, o PSD votou a favor, porém, fez algumas observações ao estudo que foi apresentado, realçando que não deve centrar-se apenas na habitação. “[Este estudo] deve ser interagido, por exemplo, com os pacotes fiscais, com o empreendedorismo no concelho, com aspetos relacionados com a empregabilidade e, portanto, não se pode analisar só a parte da habitação, sem ponderar as outras áreas”, salientou Vasco Amorim, deputado da Bancada do PSD.

A bancada do CDS também votou favoravelmente, contudo, fez uma declaração de voto na qual esclareceu que o problema do acesso à habitação deve ser resolvido “fomentando o crescimento económico”.

“O CDS votou favoravelmente, porque, enquanto partido democrático, não poderia ter outro sentido de voto quando o principal foco do documento é eliminar as condições indignas na habitação. Todavia, não se resolvem os problemas de acesso à habitação condigna exclusivamente pela via da criação de mais habitação pública, esses problemas resolvem-se fomentando o emprego, fomentando o emprego qualificado e aumentando o nível económico e financeiro das famílias”, concluiu.

Notícia completa na próxima edição.

Menu