Faleceu o Cónego Fernando Monteiro, gerente da empresa Diário do Minho

A Arquidiocese de Braga anunciou o falecimento do cónego Fernando Monteiro, de 73 anos, deixando uma mensagem de agradecimento ao antigo ecónomo diocesano.

Fernando Teixeira Alves Monteiro nasceu a 26 de fevereiro de 1945 e tinha sido ordenado padre a 15 de agosto de 1969.

Em declarações à Agência ECCLESIA, o Arcebispo de Braga referiu que o cónego Fernando Monteiro “tinha um grande espírito empreendedor” e fez uma “aposta sincera nas novas tecnologias” no jornal «Diário do Minho».

“Um homem da vanguarda” que estava atento aos sinais dos tempos e que “buscava de forma permanente” novas formas de evangelização.

O falecimento do cónego Fernando Monteiro é como “um partir parte de mim mesmo”, frisou D. Jorge Ortiga.

Atento aos mais necessitados, o cónego Fernando Monteiro estava sempre preocupado com a “renovação da paróquia, através da inovação”.

“Ele foi dos primeiros a ter um centro social paroquial”, acentuou D. Jorge Ortiga.

Hoje, às 21h30, realiza-se na Catedral de Braga um momento de oração; na quinta-feira, às 11h00, é celebrada a Missa de Corpo Presente, também na Sé.

Às 16h00 celebra-se a Missa de Corpo Presente em São Bartolomeu do Rego, em Fafe, sendo o falecido sacerdote sepultado no cemitério da paróquia.

O cónego Fernando Monteiro foi ecónomo da Arquidiocese e Seminários, gerente da Empresa do Diário do Minho, diretor da Oficina de São José, fundador do Projeto Homem e vigário episcopal da Ação Sociocaritativa, entre outras missões. Pertenceu, ainda, aos Órgãos Sociais da Associação de Imprensa Cristã (AIC), como Presidente do Conselho Fiscal, de 2003  a 2017.

De referir que o jornal Notícias de Vila Real é impresso na Diário do Minho, empresa gráfica de Braga.

Fonte: Ecclesia

Menu