Farmácias passam a atender utentes à porta ou ao postigo

A Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (Infarmed) emitiu ontem uma circular  direcionada a todas as farmácias, associações de farmácias e Ordem dos Farmacêuticos dando orientações para as farmácias comunitárias. As farmácias únicas nas localidades, num raio de dois quilómetros, devem garantir o atendimento ao público por postigo ou sem entrada de utentes nas instalações por causa do surto de Covid-19.

Assim, no atendimento ao público, o Infarmed recomendou que “o atendimento aos utentes seja efetuado através do postigo, ou, caso este não exista, sem entrada dos utentes nas instalações da farmácia, e cumprimento das normas de proteção individual de acordo com a Orientação – Procedimentos de prevenção, controlo e vigilância em Farmácias Comunitárias.”

O Infarmed referiu, ainda, que “as farmácias podem sempre proceder à dispensa de medicamentos através do postigo de atendimento sempre que seja identificada por aquelas essa necessidade, a fim de garantir a continuidade do serviço”, acrescentando ainda que “a fim de evitar a concentração de utentes no interior da zona de atendimento ao público, poderá ser solicitado que, após retirada da senha de atendimento, os utentes aguardem a chamada da sua vez em zona delimitada para o efeito ou no exterior da farmácia.”

Siga todas as notícias sobre o COVID-19 em:
https://www.noticiasdevilareal.com/category/coronavirus/

Menu