Filandorra apresenta temporada para 2019

A Filandorra – Teatro do Nordeste apresentou, na passada quinta-feira, dia 24, a temporada da companhia para o ano 2019.

Programa este que, este ano, apresenta várias novidades.

O ano terá, então, início com a peça “Histórias da Vermelhinha” de Bento da Cruz, a 22 e 23 de fevereiro, em Montalegre e Boticas (Serra do Barroso), respetivamente.

Esta iniciativa está inserida no projeto “O Teatro e as Serras”, um dos quatro projetos vencedores do orçamento participativo, proposto por David Carvalho, diretor da Filandorra, que abrange a região do Douro e de Trás-os-Montes e que tem como objetivo levar o teatro aos lugares mais improváveis. “É um projeto que se divide por cinco polos de criação e de circulação teatral que ficam a cargo das várias companhias teatrais. A ideia do promotor do projeto era que a criação fosse descentralizada não só dos grandes polos como Lisboa e Porto, mas também das grandes cidades do interior, não os negligenciando, mas chegando a comunidades mais interiores que não acedem tão facilmente à cultura”, explicou João Ribeiro, representante da Direção Regional da Cultura do Norte.

Cláudia Richard

Notícia completa na edição nº 652, já nas bancas.

Menu