Filandorra leva teatro às freguesias do concelho de São João da Pesqueira

No âmbito do projecto “Pesqueiranima” – Cultura Para Todos que está a ser desenvolvido pelo Município de São João da Pesqueira, a Filandorra – Teatro do Nordeste está a “levar” teatro popular às onze freguesias deste concelho duriense todos os domingos à tarde durante o mês de maio, numa iniciativa que pretende proporcionar às populações do mundo rural uma experiência diferente e enriquecedora a partir do teatro enquanto arte universal de todos e para todos.

Os terreiros das aldeias, as sedes da junta de freguesia e o salão dos bombeiros são alguns dos espaços onde as populações se juntam para ver e sentir o teatro, numa experiência de proximidade e cumplicidade com os actores da Filandorra, aproximando o “fazer” teatral com a comunidade. Do reportório a apresentar, num total de onze espectáculos, fazem parte as peças de cariz popular Pranto de Maria Parda e O Velho da horta da autoria de Gil Vicente, Histórias da Vermelhinha de Bento da Cruz e Diabos e Diabritos num saco de mafarricos de Alexandre Parafita.

 No próximo domingo, a Filandorra tem encontro marcado com as populações das freguesias de Castanheiro do Sul (15h00) e de Trevões e Espinhosa (18h00), com a representação de Histórias das Vermelhinha de Bento da Cruz, um espectáculo que realça a riqueza do mundo rural do tempo dos nossos avós e as suas tradições.

O projecto “Pesqueiranima” – Cultura Para Todos a partir do teatro está a decorrer desde março e também contemplou a realização de espectáculos em IPSS de São João da Pesqueira, proporcionando aos idosos, que estiveram “isolados” ao mundo durante a pandemia, momentos de alegria e comunhão a partir do teatro com o espectáculo Os Músicos da Aldeia dos Irmãos Grimm. 

Menu