GNR assinala regresso às aulas em parceria com o YouTuber Nuno Agonia

A Guarda Nacional Republicana (GNR), para assinalar o regresso às aulas, no período de 13 a 16 de setembro, vai realizar um conjunto de ações de sensibilização dirigidas aos diversos intervenientes no ambiente escolar, desde alunos, professores e encarregados de educação, ao longo dos cerca de 5 mil estabelecimentos escolares na sua área de responsabilidade, com o objetivo de sensibilizar para a necessidade de adoção de comportamentos de autoproteção ao nível da segurança em geral, de comportamentos inclusivos no seio da comunidade e prevenindo comportamentos desviantes da ordenação social.

Neste período a GNR divulgará o Programa Escola Segura, que celebra 30 anos de existência, e dará a conhecer os militares responsáveis pelo programa na respetiva escola, com a distribuição do número de contacto destes, contribuindo desse modo para uma maior proximidade e consequente maior consciencialização dos diversos intervenientes da comunidade escolar para a importância da segurança escolar dos jovens alunos e para uma melhor preparação das crianças e jovens, para os desafios que irão encontrar no regresso às aulas, aumentando o sentimento de segurança desta comunidade.

Destaca-se o lançamento para este ano letivo da Campanha de sensibilização “# A Vida Não É Um Jogo”, dirigida especialmente para crianças e jovens, pais, comunidade escolar e sociedade em geral, que tem como mote “Aquilo que é feito no mundo digital tem consequências reais no mundo real”. Esta campanha tem como objetivo combater o ciberbullying e os fenómenos cada vez mais recorrentes, de desafios virais de risco, amplamente divulgados nas plataformas digitais, partilhando-se o vídeo da parceria entre a GNR e o YouTuber Nuno Agonia.

Os cerca de 400 militares das Secções de Prevenção Criminal e Policiamento Comunitário irão então promover em exclusividade ações de sensibilização no âmbito da segurança na rua, em casa e ainda segurança rodoviária, uma vez que o fluxo de trânsito aumenta devido ao transporte dos alunos para a escola, sendo importante alertar os condutores para a utilização dos cintos de segurança e dos sistemas de retenção para crianças.

Menu