GNR de Vila Real está a sensibilizar comerciantes para a eliminação dos resíduos


O Comando Territorial da GNR de Vila Real, através do núcleo de proteção ambiental, está a realizar ações de sensibilização e fiscalização, com o objetivo de acompanhar a forma como os resíduos sanitários (luvas, máscaras, entre outros) são recolhidos, transportados e descartados em vários estabelecimentos comerciais do distrito.

A iniciativa tem o objetivo de contribuir para evitar a disseminação da COVID-19, o, e surge no âmbito da Operação Internacional da EUROPOL designada por “RETROVIRUS”.

“Estamos aqui no sentido de aconselhar a forma como devem ser tratados os resíduos que nesta fase estamos a produzir, nomeadamente as máscaras, as luvas, as batas ou viseiras que se estragam”, explicou o sargento João Mendes, do núcleo de proteção ambiental de Vila Real.

O militar explicou que estes resíduos, usados na prevenção da COVID-19, devem ser colocados num recipiente exclusivo para estes materiais e que tenha uma alavanca para abrir com o pé.

De referir que o Governo recomenda o uso de máscaras por qualquer pessoa em espaços fechados, como supermercados, farmácias e transportes públicos, como “medida adicional” às já adotadas contra o novo coronavírus.

A GNR de Vila Real mobilizou para esta operação militares do núcleo de proteção ambiental e das secções de prevenção criminal e policiamento comunitário.

Menu