GNR deteve homem por posse ilegal de arma em Vila Real

O Comando Territorial da GNR de Vila Real, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) de Vila Real, no passado dia 5 de maio, deteve um homem de 28 anos por posse ilegal de arma no âmbito de um processo de violência doméstica, no concelho de Vila Real.

No âmbito de uma investigação por violência doméstica, os militares da Guarda localizaram o suspeito e deram cumprimento a seis mandados de busca, duas domiciliárias, uma em oficina e três em veículos, tendo sido apreendida uma arma de fogo sem registo ou qualquer tipo de documentação, bem como 53 munições.

O detido será presente hoje, dia 6 de maio, no Tribunal Judicial de Vila Real para aplicação das medidas de coação.

A ação contou com o reforço do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Vila Real e dos Postos Territoriais de Vila Real e de Vila Pouca de Aguiar.

A GNR relembra que, de acordo com o Regime Jurídico das Armas e Munições, quem detiver arma não registada ou manifestada, quando obrigatório, constitui um crime de posse ilegal de arma.

Menu