Grupo Parlamentar do PS homenageia Carvalho de Araújo

O Grupo Parlamentar do Partido Socialista apresentou um projeto de resolução para consagrar a memória dos três parlamentares mortos na Grande Guerra de 1914-1918, entre eles José Botelho de Carvalho Araújo, natural de Vila Real, descerrando no Palácio de São Bento uma placa evocativa que perpetue os seus nomes e memória na história do parlamentarismo português.

Os deputados frisam que “a Assembleia da República também deve contribuir para a preservação da memória coletiva do povo português” e que “a participação de Portugal na Grande Guerra de 1914-1918 foi um fenómeno de enorme relevância nacional”.

Os parlamentares do PS eleitos pelo círculo de Vila Real, Ascenso Simões e Francisco Rocha, contribuíram e subscreveram esta iniciativa, uma vez que, dizem, é da “mais elementar justiça” que estas personalidades não sejam esquecidas.

“Entre 2014 e 2018, a Assembleia da República promoveu diversificadas evocações do centenário da Grande Guerra, num contributo ativo e valioso para o esclarecimento público e para a consagração da memória nacional em torno deste conflito na sua frente europeia da Flandres e nos teatros africanos do sul de Angola e do norte de Moçambique, territórios fronteiros das colónias alemãs”, recordam.

Os parlamentares socialistas lembram que estas evocações foram feitas “de formas diversas e plurais, debatendo e aprovando votos e iniciativas legislativas”, e também “prestando concurso para conferências e exposições memorialistas e ainda patrocinando publicações sobre esta temática”.

Segundo os deputados do PS, “cabe à Assembleia da República consagrar, em nome e para honra do parlamentarismo português, os nomes dos três ilustres parlamentares que sacrificaram a vida no decurso de combates”, agora que se está a aproximar o fim das evocações da Grande Guerra.

Assim, o Grupo Parlamentar do PS evoca a memória do capitão de infantaria João Francisco de Sousa, senador da República eleito em 1915 pelo círculo de Ponta Delgada, do major de artilharia José Afonso Palla, “ilustre republicano e herói do movimento revolucionário de 5 de outubro de 1910”, deputado à Assembleia Nacional Constituinte em 1911 e reeleito deputado em 1915 pelo círculo de Lisboa, e do primeiro-tenente da Marinha José Botelho de Carvalho Araújo, deputado à Assembleia Nacional Constituinte e reeleito deputado ao Congresso da República em 1915.

Menu